Dragão-de-Komodo

O dragão-de-Komodo é o maior lagarto do mundo. Ele é encontrado nas ilhas indonésias de Komodo, Rinca, Flores e Gili Motang. Ele pode crescer até 3 metros de comprimento e pesa cerca de 70 quilos. Ele está atualmente classificado como uma espécie em risco de extinção por conta de desflorestamentos, turismo, caças furtivas e desastres naturais como erupções vulcânicas nas ilhas onde vive. Os dragões-de-Komodo são protegidos pelas leis indonésias, especialmente no Parque Nacional de Komodo. Existem aproximadamente cerca de 4000 a 5000 dragões-de-Komodo vivendo na natureza.

Como o dragão de Komodo Come

The Face of a Komodo Dragon. Pic by Trisha Shears
A cara do Dragão-de-Komodo. Foto por Trisha Shears

Dragões são necrófagos e comedores de carne. Eles comem até mesmo sua própria espécie. Eles caçam e emboscam suas presas tais como cervos, porcos, aves e até mesmo grandes búfalos e humanos. Estima-se que 10% da sua dieta consista de outros Dragões-de-Komodo! Eles comem quase qualquer tipo de carne. Dragões-de-Komodo-bebês comem principalmente pequenos lagartos ou insetos. Eles são capazes de engolir pequenas presas inteiras (até o tamanho de uma cabra) como uma serpente, porque eles têm mandíbulas unidas frouxadamente, crânios flexíveis e um estômago expansível. O dragão-de-Komodo leva 15-20 minutos para engolir uma cabra. Este dragão-de-Komodo maluco até acelera o processo de deglutição batendo a carcaça contra uma árvore para forçá-la para baixo da garganta! Algumas vezes a pobre árvore é derrubada. No entanto, ele não sufoca com grandes pedaços de comida porque respira através de pequenos tubos debaixo da sua língua, conectados aos pulmões. Este é o motivo pelo qual ele respira pela boca. Já que os dragões-de-Komodo não têm um diafragma, eles não podem sugar água ou mesmo puxar a água com suas línguas amarelas. Sendo assim, eles enchem a boca d’água e levantam a cabeça para deixar a água fluir para baixo da garganta.

Depois de comer até 80% do seu peso corporal em uma refeição, eles se arrastam para um local ensolarado para acelerar a digestão. Isto porque a comida poderia apodrecer e envenená-lo se não digerida por muito tempo.

O Dragão-de-Komodo tem uma taxa metabólica lenta, assim como uma cobra. Um Komodo grande pode viver com apenas 12 refeições por ano. Ele vomita os chifres, cabelo e dentas da sua presa. Então eles limpam a sua cara com terra ou com um arbusto.

The Komodo Dragon is the World's Biggest Lizard
O Dragão-de-Komodo é o maior lagarto do mundo! 

O maior dragão-de-Komodo come primeiro, enquanto os mais pequenos têm que esperar. Se eles têm o mesmo tamanho, ele brigam. Os perdedores se rendem. Infelizmente, os perdedores são às vezes mortos e comidos pelos vencedores!

Acredite ou não, ocasionalmente eles até comem humanos ou corpos de humanos mortos. Eles desenterram os corpos de covas rasas. Este hábito macabro fez com que as vilas de Komodo trocassem suas covas de solo arenoso por terra argilosa e pedras empilhadas por cima das covas para que seja mais difícil para os dragões-de-Komodo desenterrarem os corpos.

Os Dragões-de-Komodo-Bebês

As dragões-de-Komodo-mães botam seus ovos em setembro. Ela bota até 30 ovos no ninho. Ela usa o ninho amontoado de um Peru-do-Mato. O dragão-de-Komodo-bebê tem cerca de 40cm e pesa cerca de 100 gramas. Os ovos são incubados durante 7 a 8 meses e se chocam em abril. Uma vez que chocados, os dragões-de-Komodo-jovens tomam conta de si mesmos. Eles rapidamente correm para os topos das árvores. Eles vivem lá até que sejam grandes o suficiente para se protegerem de serem comidos por predadores e outros dragões-de-Komodo. Eles normalmente vivem em cima de árvores até que tenham 3-5 anos de idade. Eles podem viver até 50 anos de idade.  Os dragões-de-Komodo-jovens são multicoloridos. Eles podem ser amarelos, verdes, marrons e cinzas com uma pele pintada e estriada. As cores dos adultos variam entre vermelho barro a cinza escuro e preto.

A Captive Komodo Dragon
Um Dragão-de-Komodo em cativeiro

O dragão-de-Komodo tem uma cauda muscular tão comprida quanto o seu corpo. Ele tem cerca de 60 dentes serrados com cerca de 2,5 centímetros de comprimento. Seus dentes são como uma navalha afiada, como o dente de um tubarão carnívoro. O que é incrível é que estes 60 dentes são substituídos frequentemente. Os seus dentes são projetados para fatiar, rasgar e cortar, mas não para mastigar, por isso ele rasga grandes pedaços de carne da vítima e os engole por inteiro enquanto segura a carcaça com suas patas dianteiras. Seus dentes são escondidos nas gengivas. Portanto, ele não tem o ‘sorriso cheio de dentes’ de um crocodilo. A sua saliva é frequentemente colorida com sangue porque seus dentes são quase completamente cobertos pela pele da gengiva, que normalmente é cortada e rasgada quando o dragão-de-Komodo está rasgando a carne de uma presa.

Devido a este tipo de saliva tingida a sangue a boca do dragão-de-Komodo é um ótimo lugar para o crescimento de bactérias venenosas. A bactéria causa infecção e frequentemente a presa ferida morre dentro de 2-3 dias, mesmo que escape. O Dragão-de-Komodo tem uma longa, amarela, profundamente bifurcada língua que utiliza para o paladar e olfato. Ele tem um bom olfato mas não tem uma boa audição. No entanto, ele é capaz de enxergar longe. Ele pode enxergar até 300 metros. Ele tem uma pobre visão noturna. Ele é capaz de ver em cores, mas não podem ver as coisas se elas não se moverem.

O bom olfato, com a ajuda de um vento favorável e seu hábito de balançar sua cabeça de lado a lado quando caminha, ajudam muito os dragões-de-Komodo a serem capazes de procurarem carnes podres em até 10 quilômetros de distância.

Os dragões-de-Komodo têm cabeças achatadas com focinhos arredondados e pernas curtas e arqueadas. Eles são cobertos por escamas. Algumas das escamas do dragão-de-Komodo são fortalecidas com ossos e algumas têm muitos nervos, o que ajuda com o seu tato. Estas escamas especiais crescem ao redor das orelhas, lábios, queixo e nas solas dos pés do Dragão-de-Komodo.

Apesar de serem enormes, os Dragões-de-Komodo são lagartos de movimento rápido. Ele pode correr rapidamente a 20 quilômetros por hora em distâncias curtas. Ele é um bom corredor de distâncias curtas. Eles podem escalar árvores completamente quando jovens usando suas fortes garras e são ótimos nadadores. Eles podem mergulhar até 4,5 metros.

O Habitat do Dragão-de-Komodo 

O dragão-de-Komodo vive em áreas rochosas quentes e secas. Ele gosta de estar em pastagens secas abertas, cerrados e florestas tropicais. É uma criatura muito solitária exceto durante a época de reprodução e alimentação. Uma coisa boa entre os dragões-de-Komodo é que eles são dispostos a compartilharem suas áreas de alimentação. Ele dorme em tocas subterrâneas. Ele regula a sua temperatura corporal usando a toca. Estas tocas têm cerca de 1 – 3 metros de largura. Ele usa suas poderosas patas dianteiras para construir estas tocas.

Dragões-de-Komodo-machos são muito territoriais e defendem seu território patrulhando até 2 quilômetros para ter certeza que nenhum outro dragão-de-Komodo invada seu território.

Quando o dragão-de-Komodo cresce, suas garras são usadas principalmente como armas – elas raramente são usadas para escalar árvores, porque os dragões adultos são muito pesados. Ele é mais ativo durante o dia. Ele normalmente caça durante a tarde. Quando está muito quente, ele permanece na sombra. Seus locais de descanso favoritos são localizados em montanhas áridas ou colinas com uma brisa fresca do mar.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *